Música

A música chamada “litoraleña” faz parte de uma região musical mais ampla influenciada pela cultura guarani, que também inclui a música do Paraguai, a música gaucha do sul do Brasil e a música “litoraleña” do Uruguai.

Os estilos de música e danças que fazem parte da música “litoraleña” são o chamamé, a guarânia, o purajhei ou canção “litoraleña”- paraguaia, a polka paraguaia, a polka correntina, a polquita rural, a galopa ou galopera, a chamarrita, o rasguido duplo, o valsado, o chotis, a rancheira, o gualambao, a canção missioneira, a kolomeica e o balerón.

Estes estilos também estiveram influenciados pela interação com a tradição de comunidades europeias estabelecidas na região.

Entre os instrumentos característicos da música “litoraleña” destacam-se a sanfona e a harpa paraguaia, também o violão crioulo. A música “litoraleña” é basicamente bilingue e é cantada em espanhol e em guarani. Outra característica específica da música “litoraleña” é que todos os estilos são dançados com o par enlaçado, geralmente com coreografia livre.

A música “litoraleña” tem a sua origem na cultura guarani pré-hispânica e nas características que adotou o desenvolvimento musical nas missões jesuíticas-guaranis instaladas pela ordem jesuítica, depois da chegada dos espanhóis à região. Lá, em centros musicais como o de Loreto, inventaram-se e redesenharam-se instrumentos essenciais da música “litoraleña”- paraguaia, como a harpa paraguaia e a sanfona.

Chamamé

Danza con raíces indígenas guaraníes con influencias jesuitas, españolas, y sobre todo alemanas (el acordeón, bandoneón y un poco en su compás).

Colón 1985 - Posadas - Misiones
Tel: (0376) 4447539 / 40
promocionymarketing@misiones.tur.ar